Aumente sua Capacidade de Tomar Decisões

É comum ouvir falar que as decisões tomadas com a cabeça quente são as mais comprometedoras em longo prazo.

Eu mesmo já decidi inúmeras vezes influenciado pelo “calor da raiva”.

Quais decisões e atitudes você vem executando na impulsividade?

Nossa capacidade de decisão é reduzida diante da frustração e da hostilidade. Isso acontece porque nossas vias neurais de processamento racional são diminuídas. Ao contrário disso: há uma grande ativação emocional e primitiva.

Esse é um dos motivos que levam pessoas inteligentes a fazerem coisas tolas.

Quando você pratica a redução do estresse pelo coração, acessando o estado de coerência cardíaca, ocorre uma harmonização entres os processos mentais e emocionais.

Emoções positivas geram energia; emoções negativas consomem energia.

A partir do momento que você regula suas emoções em busca do equilíbrio, suas energias começam a se acumular. Energia para pensar com clareza, produzir e alcançar soluções e tomar as melhores decisões em longo prazo.

Que tal uma pausa coerente agora?

 

  • Vou apreciar receber sua mensagem

    Deixe seu comentário abaixo.

6 Comentários

  • ruggero

    Responder Responder 09/03/2015

    Eu já tive estes momentos de raiva e tomei algumas decisões que foram difíceis depois de refazer estas ações. Tenho tomado muito cuidado em não me deixar levar pelas emoções nestes momentos. É um momento difícil, mas se eu precisar as vezes eu procuro me calar, respirar, tomar uma água e depois voltar ao meu estado natural.

    • Marcio Belo

      Marcio Belo

      Responder Responder 16/03/2015

      Olá Ruggero,
      Obrigado pelo comentário.
      Sua colocação “voltar ao meu estado natural” abre espaço para uma discussão valiosa.
      Fortes emoções realmente nos tiram do nosso estado natural. É preciso estar consciente disso para notar as alterações fisiológicas e comportamentais. Caso contrário, iremos cair no automatismo e repetir padrões de atuação tomando decisões pouco efetivas.
      É isso aí Ruggero, a respiração é uma grande aliada para restauração do estado natural. Quando surgir uma próxima oportunidade, experimente adicionar no seu ritual focar sua atenção no coração enquanto respira. ;-)
      Cordialmente,
      Marcio Belo

  • Rosana Costa

    Responder Responder 02/04/2015

    Que assunto interessante, eu tomei algumas decisões por impulso e na hora da raiva pois sentir que meu empregador estava abusando de minha dinâmica, não ganhava o justo não fazia horário de almoço, e não era tratada com respeito, tomei a decisão após muito stress acumulado e não me arrependo.

    • Marcio Belo

      Marcio Belo

      Responder Responder 06/04/2015

      Obrigado pelo comentário.

  • Andréia Menorah

    Responder Responder 03/05/2015

    Brilhante esta sua colocação , eu já fiz e falei coisas que me arrependi na hora da raiva e aprendi a pensar antes de falar , mas … a raiva ainda continuava lá , mesmo por pouco tempo . Cheguei pensar que as vezes ela me motivava de alguma forma e eu precisava cultiva la para ela ficar um pouco mais … e me impulsionar a fazer tudo o que deveria fazer . E agora aprendi que ” Emoções positivas geram energia; emoções negativas consomem energia.” Isso foi grandioso . Nunca tive coragem de permitir que a raiva ficasse , mas ficava imaginando como seria uma Andréia motivada pela raiva , e hoje descobri . Gratidão por mais um aprendizado .

    • Marcio Belo

      Marcio Belo

      Responder Responder 04/05/2015

      Olá Andreia, obrigado pelo contato e por compartilhar sua experiência e aprendizado.
      Um abraço,
      Marcio Belo

Deixe um Comentário para Andréia Menorah Cancelar resposta

* Indicar Campos Obrigatórios